Aluno autista é alvo de chacota em academia de CG mãe e estabelecimento buscam identificar quem gravou vídeo

11/02/2024
Aluno foi gravado em vídeo durante o treino de musculação e questionaram o fato dele treinar com um tablet e livros. Na internet, a mãe de André, Melania Amorim, denunciou o caso e disse que já acionou advogados
Aluno foi gravado em vídeo durante o treino de musculação e questionaram o fato dele treinar com um tablet e livros. Na internet, a mãe de André, Melania Amorim, denunciou o caso e disse que já acionou advogados
Um aluno autista de uma academia em Campina Grande foi alvo de chacota nas redes sociais, recentemente. Ele foi gravado em vídeo durante o treino de musculação e questionaram o fato dele treinar com um tablet e livros. Na internet, a mãe de André, Melania Amorim, denunciou o caso e disse que já acionou advogados. “Ainda estou chocada com a publicação de um vídeo por uma página de suposto humor de Campina Grande satirizando meu filho André @andre.peregrino.14, que é autista.”
 
Melania explica que André “foi filmado sem perceber e sem dar autorização enquanto treinava na academia aqui em Campina Grande e como ele consegue acessar iPad, estudar e malhar ao mesmo tempo (1.001 habilidades autistas), foi alvo de comentários maldosos e chegaram ao ponto de dizer que ele ia para a academia só para usar o Wi-Fi de lá.”
 
A mãe segue em desabafo. “Considero isso uma afronta e ofensa não somente ao meu filho, mas a todas as pessoas autistas e com condições neurodiversas. Neurotípicos desse naipe [como o autor do vídeo] precisam urgente de noções elementares de educação, ética, respeito, cidadania e amor ao próximo.”
 
Melania revela que a página retirou o vídeo do ar após os advogados da família buscarem a reparação. “Nossos advogados @amorimevillarim foram já acionados e depois da notificação a página retirou o vídeo, que já tinha no entanto tido milhares de visualizações, com várias pessoas reconhecendo meu filho – que é personagem habituê e muito querida na academia. Agradeço a todos que postaram em sua defesa, não foram poucos, o que me traz mais fé no ser humano.”
 
Acompanhe o Bananeiras Online também pelo twitterfacebookinstagram youtube
 
A mãe de André alerta para a “luta contra todo tipo de preconceito. Capacitismo não, respeito à diversidade sim! Por um mundo mais justo e inclusivo! E sim, todas as providências já foram tomadas. Estou grata pela rede de solidariedade que nos envolveu nesse triste episódio de que fomos vítimas, especialmente a minha família unida em torno de André.”
 
Academia Korpus se manifesta
 
Nas redes sociais, a Academia Korpus disse que já está buscando identificar o autor do vídeo e repudiou a atitude. “Nós quanto promovedores da saúde e do atendimento humanizado, repudiamos qualquer tipo de manifestação e produção de conteúdo que venha denegrir a imagem de alguém e, sobretudo, de nossos alunos.”
 
André treina na academia há mais de 15 anos. “Hoje, tivemos a infeliz notícia de que um de nossos alunos, o André, membro da Família K a mais de 15 anos, foi vítima de zombaria em rede social através de filmagens ofensivas. Portador do Transtorno do Espectro Autista, André, é um de nossos alunos mais assíduos, respeitosos, cordiais e resilientes. Nós da Família Korpus, nos solidarizamos com o ocorrido e informamos que serão tomadas todas as medidas cabíveis”, conclui a academia em comunicado.
 
Click PB



Outras Not?cias

Vídeos Destaques

Barragem rompe e deixa cidade inundada após fortes chuvas na Paraíba

Emocionante! Mendigo dá exemplo de amor ao próximo

Em Bananeiras: touro invade campo e provoca correria em jogo do Paraibano Sub-15