Câmara de Borborema aprova título de cidadania ao ex-prefeito Severino Gomes

16/06/2017
Da esquerda para a direita: Severino Gomes, Aristeu Uchoa e Simeão Cananeia
Da esquerda para a direita: Severino Gomes, Aristeu Uchoa e Simeão Cananeia

A Câmara Municipal de Borborema, no Brejo paraibano, aprovou recentemente o título de cidadão borboremense ao ex-vice-prefeito e ex-prefeito Severino Gomes de Oliveira. O requerimento para concessão do título, que foi aprovado por unanimidade, é de autoria da vereadora Paula Leite (DEM).

No ano de 1964, Severino Gomes foi eleito vice-prefeito de Borborema pela UDN (União Democrática Nacional), juntamente com Aristeu Uchoa Pinto, candidato eleito para o cargo de prefeito. Nessa época, o eleitor votava no candidato a prefeito separado do candidato a vice-prefeito (que também era sufragado). 

Acompanhe o Bananeiras Online também pelo twitterfacebookinstagram e youtube

No ano de 1965, Severino Gomes assumiu o cargo de prefeito, perante a Câmara de Vereadores, em virtude de licença concedida ao prefeito Aristeu Uchoa, para tratar de assuntos particulares.

O primeiro prefeito de Borborema, Arlindo Ramalho (1960-1964), desejava que Severino (que era casado com Marise Ramalho, sobrinha de Arlindo) fosse o candidato a prefeito, mas este não aceitou, preferindo se candidatar como vice-prefeito.

Nos anos 60, o ex-prefeito residiu em Pirpirituba, Borborema e Serraria. Nessa época era casado com Marise Ramalho (já falecida), filha de Severino Ramalho Leite (primeiro presidente da Câmara Municipal de Borborema) e de Maria da Conceição Rodrigues Leite.

Atualmente reside em Sapé. É aposentado no cargo de analista judiciário do Tribunal de Justiça da Paraíba. É casado com Fátima Rocha Ramalho, filha de Milton Pinto Ramalho e Licélia Rocha Ramalho e neta de José Ramalho Leite (Zeca Ramalho), que já exerceu o cargo de tabelião em Bananeiras.

Bananeiras Online com Assessoria

 




Outras Notícias