Técnico do TRE-PB rebate professor e diz que urna eletrônica é confiável

17/04/2018

Rebatendo o professor doutor do Instituto de Computação da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Diego Aranha, quando disse que a urna eletrônica é vulnerável e pode ser fraudada, o secretário de Tecnologia da Informação do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), José Cassimiro Júnior, afirmou que o órgão não se preocupa com as críticas sobre insegurança, já que tem confiança no sistema, e que há, segundo ele, pessoas cuja profissão é ‘falar mal da urna’.

Ele também afirmou que o órgão realiza testes de segurança e que procura dar transparência no processo. “A gente procura dar transparência para ver como a urna funciona. Há teste público de segurança e todo mundo sabe que o objetivo é encontrar falha. O processo em si vai muito, além disso. São procedimentos como não deixar a urna exposta para que possa ser invadida, não ter ligação com internet... Teria que ir de urna por urna, por exemplo. Eu acho que essas críticas são salutares para a Justiça, porque nos obriga a estudar mais”, finalizou.
 
Acompanhe o Bananeiras Online também pelo twitterfacebookinstagram youtube
 
Bananeiras Online com PBAgora
 



Outras Notícias