Presidente do TCE/PB ataca extinção de municípios: ‘Decisão de tecnocratas de gabinetes’

12/11/2019

Em tom de desabafo, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Arnóbio Viana, criticou veementemente, em entrevista ao jornalista Luís Torres, a PEC encaminhada na semana passada pelo Governo Federal para o Congresso Nacional que determina a extinção de todos os municípios brasileiros abaixo de cinco mil habitantes.

Com experiência de análises e julgamentos da execução orçamentária de todos os municípios paraibanos, o presidente do TCE paraibano considerou a proposta equivocada, resultante de quem não conhece efetivamente a realidade dos municípios brasileiros.

“Essa é uma decisão equivocada, pensada por tecnocratas que vivem em gabinetes. Senhores que nunca puseram o pé num pequeno municípios nordestino. Não sabem a importância de uma ambulância pública, de um posto de saúde, de uma escola pública, de um calçamento, etc”, destacou, em resposta ao blog.

Segundo ele, todos os distritos que se emanciparam na Paraíba se desenvolveram enormemente, melhorando a condição de vida da população. Pela proposta, a Paraíba perderia 68 dos 223 municípios existentes.

Ex-prefeito de Solânea, cidade que tem quase 30 mil habitantes, Arnóbio Viana declarou que os problemas das pequenas cidades devem ser enfrentados e corrigidos. E que a solução não está na extinção do município. “Há problemas? Há. Mas eles não são comuns a todos os municípios. Devem ser enfrentados e corrigidos”, completou.


Blog do Luís Tôrres





Outras Not?cias